Um novo estudo recentemente publicado na edição de março da revista Obesity promete derrubar a velha máxima que estabelece a fórmula para manter um peso saudável em 80% para dieta e 20% para o exercício.

De acordo com pesquisadores do Centro de Saúde e Bem-Estar Anschutz da Universidade do Colorado, no campus médico de Anschutz, os participantes de um estudo que efetivamente mantiveram seu peso por um ano deviam seu sucesso a níveis muito mais altos de atividade física do que as restrições de dieta.

O estudo

Os pesquisadores foram motivados pelas dificuldades que muitos enfrentam para manter o peso perdido a longo prazo.

Danielle Ostendorf, principal autor do estudo, disse: “Ao fornecer evidências de que um grupo que manteve a perda de peso pratica altos níveis de atividade física para evitar a recuperação do peso – em vez de restringir cronicamente sua ingestão de energia – é um passo adiante para esclarecer a relação entre exercício e manutenção da perda de peso.”

Para melhor identificar as especificidades de suas hipóteses, os pesquisadores começaram com um grupo de “mantenedores de perda de peso” e os compararam a um grupo de controle composto por indivíduos obesos e com sobrepeso e um grupo de participantes com IMCs similar ao deles.

Os mantenedores de perda de peso e os indivíduos com IMC semelhante tinham índices de massa corporal em torno de 68 kg em comparação com o grupo de indivíduos com excesso de peso que tinham IMCs em torno de 97 kg.

Uma coleta de amostras de urina ao longo de uma a duas semanas revelou o gasto e consumo de energia de cada indivíduo. Além disso, os especialistas mediram a taxa metabólica basal de cada participante para distinguir o gasto energético diário derivado da atividade física daquele em repouso.

Curiosamente, a quantidade diária de calorias consumidas e queimadas pelos que mantinham de perda de peso foi cerca de 300 calorias a mais do que aqueles com IMC normal, mas não significativamente mais do que o grupo controle com excesso de peso.

A pesquisadora Victoria A. Catenacci pontuou dizendo: “Nossas descobertas sugerem que este grupo que mantém a perda de peso está consumindo um número similar de calorias por dia aos indivíduos com sobrepeso e obesidade, mas parece evitar o ganho de peso compensando isso com altos níveis de atividade física”.

Isso significa que podemos comer o que quisermos se nos exercitarmos?

Não, infelizmente.

Embora o estudo confirme a importância geral da atividade física quando se trata de manter um peso saudável, manter-se fiel às metas de condicionamento físico ainda é um processo complexo.

É verdade que atividades físicas intensas ajudarão você a queimar calorias indesejadas, mas alcançar metas de perda de peso não se trata apenas da ingestão de calorias. Você também tem que se alimentar com os tipos de alimentos certos que lhe permitirão praticar as atividades físicas consistentes.

Uma combinação de carboidratos e proteínas após o treino e alguns carboidratos antes do exercício são sempre importantes.

E para manter longe os quilos indesejados, é preciso aderir a uma dieta equilibrada e introduzir uma quantidade suficiente de exercício em sua rotina.

 

Leave a comment

Sua Dieta 2019 - todos os direitos reservados.